Crédito Consignado para Beneficio Loas

Quem recebe beneficio Loas vai poder pegar crédito consignado? Projeto de Lei de Paulo Paim propõe autorização para emprestimo no Loas e BCP

Empréstimo consignado para quem recebe Loas e BCP? Que ótima novidade! Uma boa parte dos nossos internautas que procuram por crédito consignado para aposentados do INSS, vivem perguntando por email ou nos comentários – Carla pessoas que recebem o beneficio Loas pode fazer empréstimo consignado? E a resposta é sempre a mesma. Por enquanto não. Mas parece que a minha resposta deve mudar em pouco tempo.

Quem recebe Amparo Social não pode pegar consignado? Mas, porque não pode? Qual o motivo para esse tipo de aposentadoria assistencial não tem o direito de solicitar dinheiro emprestado com o desconto direto no beneficio do INSS? Porque os beneficiários Loas não podem fazer uso do mesmo direito dos aposentado por tempo de serviço ou pensionistas do INSS? É claro que tem resposta para todas essas perguntas, mas é justo?

Para tentar resolver essa desigualdade, o senador Paulo Paim está apresentando o Projeto de lei n.º 27/06 que propõe exatamente que essa diferenciação não exista mais. A proposta sugere que todos os beneficiários de beneficio de prestação continuada – BPC (idosos e deficientes carentes) obtenham mais autonomia sobre suas folhas de pagamento. A ideia é autorizar as operações de empréstimo e crédito consignado em folha, financiamentos e operações de arrendamento mercantil.
Crédito Consignado para Beneficio Loas

O crédito consignado todo brasileiro já sabe que é o empréstimo em que os débitos das parcelas são feitos mensalmente no beneficio do INSS, folha de pagamento ou no salário. No consignado o risco de crédito ou calote por parte do mutuário é quase zero. Então por que não autorizar o crédito “consignado para beneficio Loas“. Abrir essa linha de crédito para beneficiários do Amparo Social não deixa de ser uma operação sem riscos, de baixo custo para o banco e excelente para as milhares de pessoas que recebem o Loas.

Projeto de lei n.º 27/06

O Projeto de lei n.º 27/06 ainda irá para aprovação e sendo aprovado, o beneficiário Loas poderá comprometer até 30% da renda mensal, ou seja, terá uma margem de consignação limite para fazer o crédito consignado.

Vale mencionar que os beneficiários que recebem Loas, são considerados pobres na forma da lei, em geral os beneficios concedidos pelo INSS são cerca de 25% de um salário mínimo atual. Mas Carla, o que é um beneficio Loas? É um benefício assistencialista voltado para atender a população de baixa renda.

Quem tem direito ao BPC-LOAS? Pessoas Idosas com 65 anos de idade ou mais que não recebem nenhum beneficio previdenciário e Pessoas com Deficiências – PcD avaliado com deficiência que o incapacita para a vida independente e atividades trabalhistas.

Não podemos deixar de mencionar que a maior parte de aposentados e pensionistas do INSS recebem beneficios de cerca de um salário mínimo mensal. Atualmente com a facilidade do consignado, uma boa parte desses beneficiários estão com seus beneficios comprometidos com empréstimos.

Aprovação do Loas

A aprovação do Projeto que autoriza o crédito consignado Loas para poder virar lei, será necessário passar pela análise da Câmara dos Deputados e posteriormente pela nossa Presidenta Dilma Rousseff. Tenho certeza que as milhares de pessoas que recebem o Amparo Social estão ansioso para saber como essa tentativa de mudança irá acabar. Se você tem interesse nesse assunto acompanhe a evolução da proposta de Paulo Paim por seu blog no site do Senado.

Não preciso nem dizer que as instituições bancárias e financeiras são plenamente favoráveis com a possibilidade de aprovação dessa Lei, conceder o crédito consignado para beneficio Loas vai dar um UP no mercado de consignado, Certamente vai ser bem vindo.

Faça seu comentário sobre esse assunto, se você esta envolvido com crédito consignado será ótimo ter sua opinião, quer postar um artigo relacionado, acesse o email [ contato aredondo portaldoemprestimo.com ] e peça informações.

93 comentários - Faça um comentário

Comente aqui !