Crédito Pessoal – Se proteger das Dívidas

Ter acesso ao crédito e poder fazer crédito pessoal são garantias de que você poderá contar com dinheiro emprestado em momentos de necessidades

Quem já ficou com o nome “sujo” no SCPC, SPC Brasil ou no SERASA Experian sabe melhor do que ninguém os problemas e o desconforto que isso traz à vida da pessoa. Você não consegue mais crédito pessoal muito menos abrir um simples crediário, não pode mais financiar nada e ainda é vitima de preconceito por parte de algumas pessoas. Para que isso não aconteça com você, existem algumas dicas a seguir para proteger o seu crédito.

Comece fazendo aquilo que parece ser o mais óbvio, mas continua sendo o motivo principal do endividamento: não compre mais do que pode pagar! Você pode se ajudar nessa tarefa criando um planejamento financeiro com as prioridades de compra, isso ajudará você a comprar somente o que é necessário e dificultará as compras por impulso. Através do planejamento você fica sabendo exatamente o quanto pode gastar, e evita as dívidas.

A maioria das pessoas acaba entrando nas dívidas através do uso indiscriminado do cartão de crédito. É claro que as operadoras de cartão vão te dar um limite mais alto do que aquilo que você consegue pagar, isso é fato. Então quem deve controlar o quanto gasta, é você! Muita gente gasta sem se preocupar, e quando a fatura vem, o valor é tão alto que a pessoa só consegue pagar o valor mínimo. Aí é que começa a encrenca.
Crédito Pessoal Se proteger das Dívidas

Pagando somente o valor mínimo a sua dívida vai sendo acrescentada de juros, e não sei se você sabe, mas os juros do cartão de crédito no Brasil é um dos mais altos do mundo! Isso significa que a sua dívida só aumenta, mesmo que você pague pelo menos o valor mínimo da fatura. Daí pra se perder nas contas e ir parar no SPC Brasil são dois pulinhos. Veja que tudo isso seria evitado se houvesse um planejamento e o cartão de crédito fosse usado de maneira responsável.

Você sabia que tem muita gente que perdeu o seu o acesso ao crédito mesmo seguindo todas as dicas que apresentamos acima? Sim, pessoas que nunca deveram nada pra ninguém, sempre pagaram suas contas em dia, e que agora estão com o nome “sujo” na praça. Sabe qual foi o erro que cometeram? Emprestaram seu nome para fazerem crédito pessoal para outras pessoas. Deixaram a vizinha, a amiga, a prima comprarem no nome delas e levaram o maior calote!

O seu nome e o seu crédito pessoal são a garantias de que você poderá contar com empréstimos e financiamentos quando precisar, a prática do planejamento financeiro e as dicas que nós demos acima são a receita ideal para que você proteja o seu crédito.

Cuide bem do seu crédito e não fique desamparado quando precisar de uma ajudinha para adquirir algum bem, fazer uma viagem ou aquela reforma na casa, ele é a garantia de uma vida mais tranquila e não se esqueça de se proteger das dívidas.

4 comentários - Faça um comentário

Comente aqui !