Empréstimo de até R$ 90.000 mil reais

Pegue um empréstimo de até R$ 90.000? Você ficaria feliz se conseguisse pegar um empréstimo no banco ou em financeira no valor de R$ 90.000 mil reais? Na nossa realidade atual poucas pessoas podem conseguir essa quantia emprestado. O que você me diria então se pegasse R$ 50.000, o que faria? Ainda assim parece um montante um pouco exagerado. R$ 30.000 mil, e não se fala mais nisso, o que faria?

Por incrível que possa parecer esses valores são pedidos na nossa base de comentários todos os dias, até ai tudo bem, pedir dinheiro emprestado faz parte da cultura de todo e qualquer país, o nosso não é diferente, afinal fazer empréstimo também move a economia e faz circular o dinheiro. Mas tem um detalhe, esses pedidos de empréstimos de até R$ 90.000 mil são feitos por pessoas que estão com dificuldades financeiras, com contas e muitas dívidas atrasadas e, o nome já foi para os órgãos de proteção, ou seja, esta com restrição de crédito e por isso não pode mais contratar nos meios tradicionais do mercado.

A pergunta que fazemos é bem simples – uma pessoa com nome sujo e sem crédito na praça consegue pegar dinheiro emprestado nas instituições bancárias e de crédito? Não vamos responder, deixo essa pergunta para você mesmo que esta lendo responder.

Empréstimo nas ruas

Já andou nos centros comerciais, nas capitais, no bairro, em todo lugar, diariamente vemos ofertas de crédito sendo oferecidos de todas as formas, por onde quer que andamos, é comum encontrarmos panfleteiros entregando folders de instituições financeiras querendo emprestar R$ 300, 500, 1000, 5000, 10.000 mil e em alguns casos até R$ 90.000 mil em dinheiro, nesse caso, somente empréstimos com garantia ou empréstimos consignados para (militares, servidores e aposentados).

O que é um empréstimo, como funciona

A transação financeira que empresta dinheiro para uma pessoa que esta disposta a pegar juros por ele, pode ser chamada de empréstimo. O empréstimo nada mais é do que um acordo em que um credor (banco, financeira, associação, cooperativa etc) concede dinheiro ou oferece bens a um devedor, o devedor formaliza junto ao credor um contrato ou dá garantias se comprometendo em devolver o dinheiro tomado emprestado na forma e num período pré-determinado.

empréstimo de até

Nos operações de empréstimo em dinheiro, sempre haverá um período pré-determinado para o devedor fazer reembolso do valor concedido, geralmente o credor (banco, financeira, associação, cooperativa etc), tem que suportar o risco do mutuário não poder pagar, (embora os mercados de capitais modernas desenvolveram muitas maneiras de lidar com este risco) e por conta disso, o montante do dinheiro emprestado é acrescido de juros, taxas e tarifas etc.

E quem precisa de empréstimo urgente

Penso que todos precisam de dinheiro, mas as vezes essa necessidade de dinheiro torna-se urgente, para resolver essa questão, os bancos e financeiras liberam algumas modalidade e opções de “crédito em dinheiro emergencial”. As taxas e prazos são razoáveis, normalmente o empréstimo para emergências são pequenos empréstimos feitos no banco, através do limite de crédito, saque em dinheiro no cartão, ou a utilização do cheque pré-datado, essas linhas de crédito você pode usar agora, e pagar mais tarde, de preferência o mais rápido possível.

Outra forma de você utilizar um empréstimo urgente, é quando você tem conta bancária com limite de crédito ou cheque especial, isso significa que seu banco automaticamente irá cobrir cheques emitidos ou débitos dentro de um montante pré-estabelecido, mesmo que você não tenha saldo em dinheiro suficiente na conta para cobrir as despesas.

Empréstimo predatório, o que é

Essa forma de liberar dinheiro emprestado é uma das mais complicadas, em geral o credor abusa na hora de conceder o empréstimo. O empréstimo predatório envolve a concessão de crédito ou dinheiro com o interesse de colocar o devedor (mutuário) em uma posição de desigualdade, a operação visa exclusivamente o ganho de dinheiro em desvantagem ao solicitante. A agiotagem é um exemplo de empréstimo predatório, não é autorizado por lei.

Quando o credor cobra juros excessivos e abusivos sem nenhum interesse em reduzir as taxas de juros, é um empréstimo predatório, um exemplo de empresa que utiliza dessa prática, são as administradoras de cartão de crédito que oferecem taxa de juros altíssimas, taxas extras etc, se você cair no empréstimo rotativo você vai saber do que estou falando, tomo cuidado.

Aqui no www.portaldoemprestimo.com você vai encontrar uma imensa quantidade de informações sobre empréstimo, crédito pessoal e financiamentos, além de dicas de finanças, fique a vontade para navegar nas página do Blog, se tiver alguma dúvida entre em contato ou deixe um comentário. Gostou do nossos artigos, compartilhe no Google+, siga-nos no Twtter e curta nossa Fã Page.

525 comentários - Faça um comentário

Comente aqui !