Empréstimo? Tire suas dúvidas agora!

Empréstimo pode ser quitado ou antecipado?

Sim, o empréstimo pode ser quitado, liquidado ou antecipado, o pagamento do saldo devedor pode ser total ou parcial, alguns bancos e financeiras exigem uma quantia ou porcentagem miníma de parcelas pagas, (a porcentagem poderá mudar para mais ou para menos dependendo da instituição, procure se informar no credor quais os procedimentos para quitação).

dúvidas sobre empréstimos

Margem consignável, o que significa?

Margem consignável, nas operações de crédito, é o limite máximo estabelecido para comprometer na renda mensal, com esse dispositivo, as instituições só podem reservar uma pequena parte mensalmente como prestações, essas parcelas podem ser debitadas diretamente da folha de pagamento, conta corrente ou no salário, de acordo com a Lei 10.820 de 17/12/2003.

Qual percentual pode ser comprometido com empréstimos?

As parcelas mensais ou descontos com operações financeiras não devem ultrapassar 30% do benefício, contra-cheque, soldo ou salário do contratante, mas pode acontecer o comprometimento de até 40% do salário de forma irregular.

Portabilidade de empréstimos, é possível?

Existe sim a possibilidade de fazer a portabilidade dos contratos de empréstimos e financiamentos de um banco para o outro, essa operação é prevista em norma do Banco Central desde 2007, porém, os brasileiros a utilizam muito pouco, com a redução das taxas de juro pode ser vantajosa a troca de credores. A portabilidade de empréstimos vale para todos os tipos de crédito pessoal, incluindo os de veículos e de financiamentos de imóveis.

link portabilidade de crédito uma alternativa para pagar dívidas

Cobrança de taxa de transferência na Portabilidade, pode?

Não pode, nenhuma taxa deve ser cobrada pelo serviço de transferência de empréstimos, seja pelo banco credor original ou pelo banco que assumirá a dívida portada, nem um novo Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), nem a cobrança de nova taxa de abertura de crédito e de outros serviços já são proibidas, mesmo para empréstimo novos.

Qual o prazo para os empréstimos pessoais?

Os empréstimos podem ser feitos entre 1 mês e 420 meses, os prazos de devolução variam de acordo com o tipo, a linha e a modalidade de crédito contraída. Para empréstimo pessoal até 48 meses, para financiamentos de veículo 60 e 72 meses e o crédito imobiliário, até 420 meses.

Qual a carência para pagamento da 1ª parcelas?

Alguns bancos oferecem um prazo de carência para o início do pagamento das parcelas em empréstimos, quando oferecidos, o cliente tem entre 45 a 60 dias contando da data de efetivação do contrato.

É possível contrair empréstimo por meio de procuração?

Sim, é possível mais não é comum, poucas instituições bancárias e financeiras fazem esse tipo de operação, dado a burocracia, quando aceita, deve ser apresentado os documentos originais ou cópia autenticada de procuração pública específica somente para tomada de empréstimo junto a instituição, além disso, o procurado, deve estar gozando de consciência, de boa saúde e dentro da idade limite para concessão.

Pensionistas podem fazer operações de crédito?

Pode, desde que sejam beneficiárias(os) diretos, ou seja, esposo(a) companheiro(a), mãe (que o filho deixou como beneficiária), que recebem pelo INSS, IPREM, SIAPE ou outros órgãos públicos e militares que possuam convênio para consignação.

link empréstimo siape para servidor público federal sem consulta

Quantos empréstimos podem ser feitos?

A quantidade de empréstimos descontados na folha variam muito para cada órgão do funcionalismo público consignatário, algumas permitem somente 2 consignações (operações de crédito com desconto em folha em aberto), outros podem fazer até 6 consignações, alguns órgãos públicos permitem até terminar a margem consignável (30%), isso depende também da quantidade de matrículas que o contratante possuir, para beneficiários do INSS, podem tomar até 6 empréstimos consignados, desde que tenham margem para serem consignadas.

Qual a idade máxima para contratar empréstimos?

Outra questão variante, a idade é influenciada de acordo com o tipo de operação de crédito, em alguns bancos são permitidos entre 65 e 85 anos, nesse caso, empréstimos para funcionários públicos, pensionistas e aposentados do INSS. Vale lembrar que a última parcela é que não pode ultrapassar a idade limite, mas existe exceções para limite de idade, pergunte sempre ao banco ou empresa financiadora sobre o limite.

Quais as taxas de juros?

As taxas de juros cobradas atualmente nas transações de crédito e empréstimos tem reduzido bastante, mesmo assim ainda estão longe de serem ótimas, cada modalidade e linha de crédito tem o seu mínimo e o máximo para cobranças desses juros.

Crédito pessoal, média 6,5% ao mês
Financiamento veículos, média 1,34% ao mês
Crédito imobiliário, media 0,81% ao mês
Crédito rotativo, média 16% ao mês

Pesquise sempre sobre taxas de juros no site do Banco Central.

O valor que recebo do empréstimo é liquido?

Sim, o valor discriminado no contrato de empréstimo sempre é liberado na conta corrente ou poupança do cliente solicitante sem nenhum tipo de desconto.

Quais as taxas e encargos em empréstimos?

Clientes de bancos ou financeiras devem sempre ser informados de encargos e taxas contratuais, por sinal são inúmeros. Para não ter surpresas e bom ler as cláusulas contratuais no contrato. Taxas com a cobrança das taxas de comissão, de tarifa contratual, despesas e comissão de permanência, taxas de transferência, o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) pode ser subtraído ou acrescentado.

Como é o cálculo do salário líquido?

Públicos: Salário líquido=salário bruto – consignações compulsórias – consignações facultativas.
Privados: Salário líquido=salário bruto – descontos e adiantamentos.

Conta benefício pode receber crédito de empréstimo?

Não. A conta corrente do benefício do INSS não aceita créditos que não sejam do próprio benefício. Para receber a quantia solicitada de um empréstimo, é necessária a abertura de uma nova conta corrente ou poupança convencional em qualquer banco no território brasileiro ou receber por ordem de pagamento, se a instituição permitir essa prática.

Crédito de empréstimo em conta poupança, pode?

Sim. Porém deve-se verificar se a conta poupança do seu banco permite o recebimento de pagamentos, depósitos ou transferências de outras instituições bancárias ou financeiras.

Como conseguir um empréstimo pessoal ou consignado?

A Realização do empréstimo pessoal para todo brasil ou empréstimo consignado não tem nada de difícil, operação de crédito para Servidores Públicos em geral, Aposentados e Pensionistas do INSS e Militares das forças Armadas conseguem em bancos de varejo e financeiras, o empréstimo pessoal pode ser contraído em inúmeras empresas de crédito: associações, cooperativas, sindicatos, bancos, factoring etc,.

Seja qual for o tipo ou modalidade de crédito que você quer, o melhor mesmo é ir pessoalmente a agência bancária, escritório ou loja de empréstimo para ser atendido, procure realizar o processo de concessão de empréstimo com o menor risco possível, por telefone pode ser arriscado, principalmente se for empréstimo com restrição.

Informe-se sobre todos os valor inclusos na operação através do CET – Custo Efetivo Total, assim como os prazos e saldos, não saia sem uma cópia do seu contrato. Acesse o nosso Fórum.

254 comentários - Faça um comentário

Comente aqui !