Empréstimo: Servidor Estadual de SP livre para pegar consignados

Com o consignado no Estado de São Paulo muita coisa vai mudar, os servidores terão mais condições de barganha e diversas opções de credores para comparar taxas

O empréstimo consignado para SERVIDOR ESTADUAL de São Paulo foi liberado pelo governo paulista para outros bancos? Foi sim, e em poucas semanas a grande maioria dos servidores públicos estaduais terão muito mais opções para pedir dinheiro emprestado com desconto em consignação na folha de pagamento.emprestimo consignado servidor estadual são pauloO decreto foi publicado no dia 14 de maio no “Diário Oficial do Estado”, nele o governador Geraldo Alckmin estabeleceu novas regras que servirão para que a modalidade de consignado com desconto direto no holerite (contra-cheque) aconteça.

A medida vai beneficiar todos os “servidores públicos estaduais” civis e militares, ativos e inativos. As regras mantém o limite máximo de margem consignável nos vencimentos mensais, tanto do servidor quando dos aposentados e pensionistas do Estado. Mas.., e o parcelamento do consignado? Será de no máximo 60 meses.

No decreto ainda está incluído parágrafos que permitem que instituições bancárias interessadas na concessão deste tipo de empréstimo façam a operação mediante convênios firmados com o Órgão. Leia também: Consignado no Estado de São Paulo.

O Banco do Brasil atualmente detém a folha de pagamento do ESTADO DE SÃO PAULO conseguida pela força de um contrato de exclusividade e, por muitos anos tem oferecido o “consignado” aos servidores paulistas. Essa exclusividade por sinal impedia a escolha de outro banco para consignar empréstimos, porém com o decreto o funcionalismo estadual vai ter múltiplas escolhas.

Com a abertura do “consignado no Estado de São Paulo” muita coisa vai mudar, em especial os servidores terão mais condições de barganha e diversas opções de credores, e com isso poderão fazer comparações de taxas e até realizar a Portabilidade de crédito dos empréstimos consignados do banco estatal para os novos bancos privados.

Não é de hoje que os servidores de São Paulo deseja essa lei da oferta e quem oferecer as melhores taxas e condições, certamente vai sair na frente. Vale mencionar que muitos irão mudar de banco por não simpatizarem com as políticas de crédito do Banco do Brasil.

A promotora Shoppingcred.com me informou que os telefones não param de tocar com solicitações de informações sobre a liberação do empréstimo consignado para os “Servidores do Estado de São Paulo” e que já possuem parceria com 3 dos principais bancos que ofertarão empréstimos para o funcionalismo do Estado, inclusive estão se estruturando estrategicamente para receber o novo convênio.

Um fato interessante divulgado pelo banco Banco Central em uma pesquisa feita em abril, a média da taxa de juros cobrada pelo BB ficou em torno de 1,7% ao mês no empréstimo “consignado para servidor estadual” e públicos em geral. Isso é ótimo, em muitos bancos privados essas mesmas taxas oscilam entre 1,42% e 6,2%.

Fique ligado aqui com outras novas informações.

UPDATE: 02/09/2014 – Parece que o sistema esta andando, o serviço de controle de consignações – SCC do Estado está pronto. Quando sair as publicações no diário oficial SP aí sim é possível começar a comemorar.

Serviço de Controle de Consignações – SCC

Trata-se de um sistema centralizado de processamento de dados para cálculo, controle e gestão para Consignatárias e Consignados com interface com a folha de pagamento. O Serviço de Controle de Consignações – SCC está disponível por meio do portal www.portaldoconsignado.com.br e tem várias funcionalidades, veja na integra aqui: https://www.fazenda.sp.gov.br/folha/nova_folha/legislacao/scc.asp#. Precisa ter instalado o Java para acessar a página.

1.137 comentários - Faça um comentário

Comente aqui !